“A mentalidade do ‘hustle’: Qual Significado e Por Que Está Ganhando Popularidade?”

“A mentalidade do ‘hustle’: Qual Significado e Por Que Está Ganhando Popularidade?”

O termo “hustle” tem suas raízes na gíria americana do século XIX, onde era usado para se referir a um golpe de sorte ou a uma manobra engraçada. No entanto, ao longo do tempo, o termo ganhou um novo significado, passando a se referir ao esforço e à dedicação para alcançar um objetivo.

Hoje, o termo é usado para descrever o trabalho duro e o empenho necessários para alcançar o sucesso. O termo é usado para se referir ao esforço de alguém para alcançar seus objetivos, mesmo quando a tarefa parece difícil ou quando não há nenhuma recompensa imediata.

De acordo com o especialista em negócios e empreendedorismo, Tim Ferriss, “hustle” é “a mentalidade de fazer o que for preciso para alcançar seus objetivos” (Ferriss, 2014).

Isso pode incluir trabalhar horas extras, tomar iniciativas, ser proativo e se adaptar rapidamente às mudanças do mercado. Ou seja, “hustle” é sobre fazer o que for necessário para alcançar o sucesso, sem se preocupar com as regras e convenções tradicionais.

A popularidade do termo “hustle” tem aumentado significativamente nos últimos anos, especialmente com a crescente importância dada à iniciativa pessoal e ao empreendedorismo.

De acordo com Sarah Lacy, “o empreendedorismo se tornou muito mais mainstream nos últimos anos, e com isso veio uma maior valorização da mentalidade do ‘hustle'” (Lacy, 2018). Isso pode ser visto através de ferramentas de análise de dados, como o Google Trends, que mostra um aumento significativo no interesse por esse termo ao longo do tempo.

Além disso, a popularidade do termo também pode ser atribuída à crescente competitividade no mercado de trabalho, já que muitas pessoas estão buscando maneiras de se destacar e se diferenciar.

Segundo Neil Patel, “com a crescente competição no mundo dos negócios, as pessoas estão buscando maneiras de se destacar e se diferenciar. O termo ‘hustle’ se tornou uma forma de destacar esse esforço e dedicação” (Patel, 2019).

Outra razão para o aumento da popularidade do termo “hustle” é a crescente disponibilidade de plataformas de mídia social, que permitem que as pessoas compartilhem seus esforços e sucessos.

Isso cria um ambiente onde o “hustle” é valorizado e celebrado, o que, por sua vez,1 incentiva mais pessoas a adotar essa mentalidade.

O especialista em marketing digital, Gary Vaynerchuk, afirma que “as redes sociais permitem que as pessoas mostrem seu trabalho duro e dedicação, e isso incentiva mais pessoas a adotar a mentalidade do ‘hustle'” (Vaynerchuk, 2016).

O “hustle” também se tornou popular entre aqueles que trabalham em empreendimentos ou projetos paralelos, além de seus trabalhos regulares.

hustle-boy-doing-marketing-maringa

Como mencionado por Ramit Sethi, “o termo ‘hustle’ se tornou sinônimo de trabalhar em um empreendimento ou projeto paralelo, além do trabalho regular, com o objetivo de obter sucesso financeiro ou profissional” (Sethi, 2017).

O “Hustle” tem evoluído ao longo do tempo para se referir ao esforço constante e dedicação em alcançar metas e objetivos.

No entanto, segundo Brené Brown, “o ‘hustle’ pode ser prejudicial, especialmente quando se trata de nossa saúde mental e bem-estar” (Brown, 2020). Ela argumenta que a necessidade constante de “hustle” pode levar ao esgotamento, ansiedade e depressão.

Enquanto Gary Vaynerchuk, considera que “o ‘hustle’ é necessário para o sucesso, desde que seja equilibrado com o descanso e o bem-estar” (Vaynerchuk, 2016). Ele argumenta que é possível alcançar o sucesso sem sacrificar a saúde mental e o bem-estar.

O termo “hustle” tem evoluído ao longo do tempo para se referir ao esforço constante e dedicação.

A popularidade do termo tem aumentado significativamente nos últimos anos, devido à crescente importância dada à iniciativa pessoal e ao empreendedorismo, a crescente competitividade no mercado de trabalho, e a crescente disponibilidade de plataformas de mídia social.

Sua “popularidade”, no entanto, é bastante controversa, existem diferentes opiniões sobre o uso do termo “hustle”, enquanto alguns o veem como positivo e necessário para o sucesso, outros argumentam que pode ser prejudicial e levar ao esgotamento e à falta de equilíbrio entre trabalho e vida pessoal.

Mas o sucesso é subjetivo e pode ser medido de diferentes maneiras. Para alguns, o sucesso pode ser medido em termos de riqueza financeira ou status profissional, enquanto para outros pode ser medido em termos de felicidade e realização pessoal. “Hustle” é frequentemente associado ao sucesso financeiro e profissional, mas é importante lembrar que existem outras formas de sucesso.

Apesar de todo o charme envolvido, para ser um hustle, é necessário trabalho duro, dedicação e perseverança, mas também requer planejamento estratégico, habilidades de comunicação eficazes, e uma mentalidade aberta para aprender e se adaptar. O “hustle” é apenas uma parte do equação para alcançar o sucesso.

REFERÊNCIAS

Brown, B. (2020). The danger of the hustle and grind mentality. [Online]. Disponível em: https://brenebrown.com/the-danger-of-the-hustle-and-grind-mentality/ [Acesso em: 13 de Janeiro de 2023]

Ferriss, T. (2014). The 4-Hour Work Week: Escape the 9-5, Live Anywhere and Join the New Rich. Random House.

Lacy, S. (2018). Why the hustle mentality is ruining our lives. [Online]. Disponível em: https://techcrunch.com/2018/02/24/why-the-hustle-mentality-is-ruining-our-lives/ [Acesso em: 13 de Janeiro de 2023]

Patel, N. (2019). The importance of hustle in business. [Online]. Disponível em: https://neilpatel.com/blog/hustle-in-business/ [Acesso em: 13 de Janeiro de 2023]

Sethi, R. (2017). I Will Teach You to Be Rich. Penguin.

Vaynerchuk, G. (2016). The importance of hustle and grind. [Online]. Disponível em: https://www.garyvaynerchuk.com/the-importance-of-hustle-and-grind/ [Acesso em: 13 de Janeiro de 2023]


Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *